logo



QUER COMPRAR UM CARRO E NÃO SABE POR ONDE COMEÇAR? PARTE 2

  • 30.09.2019
  • POR: user_admin

QUER COMPRAR UM CARRO E NÃO SABE POR ONDE COMEÇAR? PARTE 2

O processo de compra de um veículo passa por inúmeras dúvidas, listamos alguns tópicos que consideramos ser extremamente relevante para o melhor aproveitamento na hora da aquisição do tão sonhado carro.

Na postagem de hoje falaremos dos seguintes tópicos:

6 – Custos de Manutenção

7 – Disponibilidades de Peças no Mercado

8 – Valores da Proteção (ou seguro)

9 – IPVA

10 – Consumo de Combustível

 

Custo de Manutenção: Tão importante quanto possuir o veículo é ter uma estimativa de quanto custará para mantê-lo, afinal, ter um veículo é certo que ele trará custos inerentes ao uso.  Buscar essas informações de quanto custa às peças que mais se desgastam é, no mínimo, prudente, afinal quão desagradável seria seu carro precisar trocar os amortecedores (como nossa qualidade de ruas e estradas são de péssimo estado, é algo que tem grande ocorrência de troca), e ao ser apresentando o orçamento você simplesmente não dispor daquela quantia financeira para fazer o reparo necessário. Isso poderia gerar duas situações desagradáveis, a primeira é a emocional, porque você ficaria profundamente triste por se encontrar impossibilitado de fazer a troca e isso te levaria ao segundo ponto, que é o desgaste de outras peças que seriam afetadas pelo uso contínuo das peças já em estado de desgastes. E estamos citando aqui apenas um exemplo, mas poderíamos mencionar outras tantas.

Disponibilidade de Peças no Mercado: Além de se certificar que as peças estão dentro de sua capacidade financeira, é bom também saber como é a reposição das mesmas, ou seja, muitas marcas e/ou modelos, não dispõe de peças a pronta entrega, nem nas concessionárias, tampouco nas demais distribuidoras. A ausência de peças no mercado acarreta em grande estresse para o usuário, afinal ter que ficar com o carro parado por não encontrar peças e com isso tendo que se locomover por outros meios é, por vezes, constrangedor. Nossa sugestão é que você não ouse muito na hora de escolher seu veículo, principalmente se este for o primeiro que irá possuir ou se for imprescindível para o seu trabalho e vida particular.

Valor da Proteção (ou Seguro): Outro custo que deve fazer parte da sua programação financeira é da mensalidade da Proteção ou mesmo o Seguro. Diante da nossa realidade de insegurança, os registros de Roubo e Furto são elevadíssimos, temos também o aumento da frota de veículos de forma bastante acentuada, e isso implica em altos índices de colisão, e o que torna indispensável proteger seu patrimônio. Fazer uma cotação prévia, pesquisar as empresas que oferecem esse serviço, tudo isso minimizará a possibilidade de transtornos futuros.  Lembrando que a Proteção Veicular tem suas vantagens, como: Sem análise de perfil de condutor, sem análise de crédito, paga-se mensalmente sem necessariamente ter uma fidelidade mínima exigida, financeiramente mais barato entre outros diferenciais.

IPVA: O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores está diretamente ligado ao custo de uso de qualquer veículo, todos concordam que o valor pago por este imposto mais se parece com uma extorsão do Estado, afinal, a sensação que temos é de que não está sendo usado devidamente como é sua proposta oficial.  Com isso torna-se obrigatório ter o planejamento quanto ao gasto com este imposto que juntamente com os demais gastos poderá inviabilizar a aquisição ou mesmo a tranquilidade do uso quotidiano.

Consumo de combustível: Talvez seja o indicador mais sensível na hora da decisão de compra de um veículo, pelos altos preços praticados no Brasil um veículo com elevado índice de consumo pode asfixiar o orçamento familiar e inviabilizar outras despesas essenciais. Vale ressaltar também que os números oficiais de consumo não são exatos, porque o consumo é o resultado de muitas variáveis, como, modo de condução, topografia da cidade, qualidade do combustível, manutenções do veículo e muito mais itens que acabam interferindo no consumo e elevando os gastos. Nossa sugestão é que seja feito uma pesquisa em alguns canais na internet, com pessoas que possuem ou já possuíram aquele modelo e sobre tudo, dicas de como dirigir de forma a economizar o combustível. Há registro que a mudança de comportamento no modo de condução pode representar cerca de 30% de economia.

O melhor sempre é pesquisar!

Esperamos que nossas dicas possam ajudá-lo (a) a fazer a melhor escolha. Caso você possua algum outro critério na hora de comprar ou trocar de carro, compatilhe conosco deixando um comentário abaixo.

Gostou deste artigo? Compartilhe-o nas redes sociais com seus amigos que também está pensando em comprar um carro.

 

 

Deixe seu comentario

Posts relacionados

13554-745x413

QUER COMPRAR UM CARRO E NÃO SABE POR ONDE COMEÇAR?

Ler mais
novo-ou-usado-745x413

Qual a melhor opção de compra, Novo ou Usado?

Ler mais